Editora do Autor de Best–seller do New York Times e Best–seller Internacionais, L. Ron Hubbard

21.º ACC Americano

 21.º ACC Americano

21.º ACC Americano

No Congresso do Sucesso, L. Ron Hubbard revelou descobrimentos sobre a capacidade superior que um thetan tem de introduzir ordem, e consequentemente, proporcionar liderança. Ninguém possui essas qualidades mais que o auditor, e portanto, o 21.º ACC Americano começou uma nova fase. Com a finalidade de expandir o alcance de um auditor profissional, Sr. Hubbard apresentou o avanço sensacional da Audição Amordaçada, que superou as barreiras que delineava a inexperiência das equipas de co-audição e permitiu que qualquer pessoa participasse no aclaramento sob a supervisão de um profissional. E com o Confronto e os Exercícios de Treino (TRs) como o primeiro passo vital, foi tornada conhecida a tecnologia do treino para eliminar todas as confusões. Depois, ao detalhar a aplicação da Audição Amordaçada em processos específicos: Atos Overts em Pessoas Selecionadas, Atos Overts Gerais, Linha Direta de Not-is e Linha Direta de Quebras de ARC, ele disse aos auditores: “Ao percorrer estes processos num indivíduo e ao fazer que um indivíduo percorra estes processos, no final temos um auditor com condição de fazer julgamento, com inteligência, com a capacidade de alcançar e terá desaparecido o seu not-is obsessivo, o que lhe permite conceder um pouco de beingness. Portanto, estas são as soluções administrativas para pôr populações inteiras em sessão, e estabelecer os alicerces para o que L. Ron Hubbard revelou depois: uma fórmula real para chegar a ter uma Terra Clear.

Leia Mais
adquira
$150 USD
Envio Gratuito Atualmente elegível para envio gratuito.
Em Stock Envio dentro de 24 horas
Formato: CD
Conferências: 11

Mais sobre 21.º ACC Americano

Há alguns milhares de milhões de pessoas na Terra atualmente e quero que vocês façam com que elas sejam auditadas. – L. Ron Hubbard

Com auditores agora capazes de fazer Clears rotineiramente, L. Ron Hubbard tinha trazido a aplicação técnica a um auge. Assim, com as notícias dos seus avanços já a fustigar o campo, nos primeiros dias de Janeiro de 1959 ele entregou o conhecido Congresso de Sucesso a um auditório cheio no Hotel Shoreham em Washington, DC, onde não só lançou a Audição de Engramas de Scientology mas também revelou descobertas surpreendentes sobre a capacidade superior dos seres para impor a ordem e fornecer verdadeira liderança.

Na verdade, com estas descobertas e com tudo aquilo a que elas iriam conduzir, o Sr. Hubbard estava a preparar o cenário para uma expansão global excedendo em muito qualquer expansão anterior na escala necessária para de facto aclarar um planeta. Como preparação, ele tinha agendado o lançamento do 21.º Curso Clínico Avançado Americano imediatamente a seguir ao Congresso, e o seu gabinete estava atafulhado de pedidos de inscrição. De facto, como uma medida da intensidade dessa procura, sem contar com o facto de todos os candidatos terem de satisfazer critérios rigorosos para se qualificarem, na manhã de 5 de Janeiro de 1959, bem mais de cem auditores de topo, estavam a postos quando o curso começou, apinhando o agora popular local do ACC na esquina da R com a 19th Street NW em Washington, DC.

A agenda era rigorosa e o curso ACC dado com rigor, com aulas diárias a começar às 7h55 em ponto, e a terminar às 20h00, com igual precisão. E com bons motivos – os requisitos exigiam que todos os estudantes estivessem atualizados nos últimos avanços técnicos: especificamente, uma revisão completa de todas as 40 palestras que o Sr. Hubbard deu apenas algumas semanas antes no 5.º ACC de Londres. E na posse desses dados, a expectativa era alta e todos os estudantes estavam preparados quando ele entrou no edifício para entregar a primeira de uma série a que chamou palestras “suplementares” – não apenas o refinamento de procedimentos, mas os princípios subjacentes e passos de treino requeridos para efetivamente viabilizar a aplicação à escala planetária.

O que isso incluía era uma síntese fundamental e reformulação dos avanços adquiridos com esses anos de pesquisa, descoberta e experiência – desde comunicação de duas-vias até à importância de o auditor tomar total responsabilidade pelo preclear. Além disso, e de acordo com o foco do Sr. Hubbard em trabalhar insistentemente para fornecer tecnologia para ir a um nível mais baixo tanto no estado de casos como na perícia de auditores, apareceram novos desenvolvimentos revelados apenas neste ACC: em particular, a tecnologia de treino para eliminar todas as possíveis confusões acerca dos Exercícios de Treino e Confronto (TRs); por outro lado, no que diz respeito a casos, a importância básica de auditar os preclears no seu nível de realidade. Assim, ele instruiu os auditores sobre o modo de primeiro estabelecer e depois aumentar a realidade do preclear, aumentando simultaneamente o seu nível de causa.

E com esses básicos exercitados até à medula de cada auditor no ACC, tinha chegado o momento de os ensinar a abarcar uma zona de influência muito maior. No que diz respeito a isso, o 21.º ACC é pelo nada menos que histórico. Porque foi aqui que o Sr. Hubbard instruiu os estudantes do ACC sobre como estabelecer e organizar co-audições para a salvação do planeta. Em vez de dois auditores emparelhados, números ilimitados de preclears emparelhados e todos em sessão ao mesmo tempo. No que respeita ao modo, o que ele revelou foi a tecnologia para um único auditor profissional de facto conduzir todas essas sessões através de equipas de co-audição treinadas nos básicos essenciais. E na base dessa tecnologia estava a descoberta da Audição Amordaçada, quebrando praticamente as barreiras colocadas pela inexperiência das equipas de co-audição e permitindo que qualquer pessoa vinda diretamente da rua se dedicasse ao aclaramento.

E então instilar um requisito fundamental para qualquer co-auditor:

“E ao percorrer estes processos num indivíduo e fazer com que um indivíduo percorra estes processos, nós obtemos um auditor com capacidade de observação, com inteligência, com a capacidade de alcançar e sem a sua not-is obsessiva – o que lhe permite conceder um pouco de beingness.”

Assim, L. Ron Hubbard encarregou esses auditores do 21.º ACC com a tarefa de colocar os milhares de milhões de preclears da Terra em sessão. Enquanto isso, continuando a ensinar a aplicação dos princípios básicos e técnicas que eles podiam imediatamente aplicar à resolução de diferentes fenómenos de caso:

  • Dub-in – o modo como se trata de um fenómeno que faz uma pessoa ver uma coisa diferente da imagem que ela tirou;
  • Agrupadores – uma definição e descrição completa e como destruí-los;
  • Axioma 10 – a sua aplicação em processamento para remediar a incapacidade de um preclear para produzir um efeito;
  • Linha Direta – Linha Direta Dinâmica, Overts em Pessoas Selecionadas, Overts em Geral, Linha Direta de Not-Is e Linha Direta de Quebra de ARC.

Quanto ao que resultou desse ACC, não só uma parada de Clears realmente saiu a brilhar do curso, não só os desenvolvimentos do treino realmente se tornaram a própria fundação para o treino de TRs Profissionais até hoje, mas também foi aqui que o Sr. Hubbard forneceu as soluções técnicas e o saber-fazer administrativo para colocar a população inteira em sessão. Assim estava preparado o terreno para o que ele revelou a seguir: uma fórmula atual para fazer avançar esse feito até ao produto final de uma Terra Aclarada.

Também estão incluídas duas conferências de L. Ron Hubbard que contêm material diretamente relacionado com o 21.º ACC:

  • Uma Conferência aos Instrutores: “Processos Usados no 21.º ACC”
  • Uma Conferência aos Auditores: “Conferência aos Auditores de Staff Respeitante ao Boletim do HCO de 16 de Fevereiro de 1959”

Estas gravações nunca estiveram disponíveis anteriormente e são aqui apresentadas pela primeira vez.

« ACC Lectures